Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Colleen Houck - www.wook.pt

Insurgent - Veronica Roth

por Maggie Black, em 10.01.13

 

 

Pode conter spoilers, para quem não leu o primeiro volume desta trilogia.

 

Título: Insurgent
Título Original: Insurgent
Autor(a): Veronica Roth
Editora: Harper Collins Children's Books
Nº de páginas: 525
Preço médio: 7,61€


Sinopse (goodreads):

One choice can transform you—or it can destroy you. But every choice has consequences, and as unrest surges in the factions all around her, Tris Prior must continue trying to save those she loves—and herself—while grappling with haunting questions of grief and forgiveness, identity and loyalty, politics and love.

Tris's initiation day should have been marked by celebration and victory with her chosen faction; instead, the day ended with unspeakable horrors. War now looms as conflict between the factions and their ideologies grows. And in times of war, sides must be chosen, secrets will emerge, and choices will become even more irrevocable—and even more powerful. Transformed by her own decisions but also by haunting grief and guilt, radical new discoveries, and shifting relationships, Tris must fully embrace her Divergence, even if she does not know what she may lose by doing so.


Opinião:

Foi sem qualquer margem para dúvidas um sequela que esteva a altura do primeiro livro, achei que a evolução da histório foi credível e bem construída. Portanto, houveram vários momentos que me deixaram deveras a beira de um ataque de nervos, e que só me apeteceu atirar o livro porta fora, mas não num mau sentido. Simplesmente a história teve momentos tão credíveis e tocantes que me deixaram extremamente revoltada, por exemplo,

 

Sem qualquer dúvida um livro, e um trilogia, pelo menos até agora, que eu recomendo.


Desejos de Grandes Leituras

Maggie Mae Black

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:31

Divergent - Veronica Roth

por Maggie Black, em 24.02.12

Título: Divergent
Título Original: Divergent
Autor(a): Veronica Roth
Editora: HarperCollinsPublications
Nº de páginas: 487
Preço médio: Paperback -11,38€ /Hardback – 8,16€

Sinopse (goodreads):

In Beatrice Prior's dystopian Chicago, society is divided into five factions, each dedicated to the cultivation of a particular virtue--Candor (the honest), Abnegation (the selfless), Dauntless (the brave), Amity (the peaceful), and Erudite (the intelligent). On an appointed day of every year, all sixteen-year-olds must select the faction to which they will devote the rest of their lives. For Beatrice, the decision is between staying with her family and being who she really is--she can't have both. So she makes a choice that surprises everyone, including herself.

During the highly competitive initiation that follows, Beatrice renames herself Tris and struggles to determine who her friends really are--and where, exactly, a romance with a sometimes fascinating, sometimes infuriating boy fits into the life she's chosen. But Tris also has a secret, one she's kept hidden from everyone because she's been warned it can mean death. And as she discovers a growing conflict that threatens to unravel her seemingly perfect society, she also learns that her secret might help her save those she loves . . . or it might destroy her.

Debut author Veronica Roth bursts onto the literary scene with the first book in the Divergent series--dystopian thrillers filled with electrifying decisions, heartbreaking betrayals, stunning consequences, and unexpected romance.


Opinião:
OH MY GOD! Conhecem aquela sensação de quem leu um livro tão bom, tão bom que adorava esquecer tudo e puder voltar a experiencia-lo pela primeira vez? Eu sinceramente não sei por onde é que hei de começar. Há muito tempo que um livro não me deixava tão agarrada, desesperada, bubbly, cheia de risinhos, determinada tudo ao mesmo tempo. A verdade é que depois das várias distopias que tenho lido ultimamente, sentia-me muito pouco inclinada em pegar em mais uma, e isso levou-me a adiar o começo da leitura. Um erro, um erro crasso. Este livro está à altura dos Hunger Games, se não acima da trilogia (e acreditem eu ADORO os Hunger Games).

Adorei a personagem principal, Beatrice ou Trish, talvez por me ter identificado com ela desde do começo. A sua confusão e insegurança em relação ao seu futuro, a sua luta interna entre fazer o que é esperado e fazer aquilo que o coração a impele a fazer. Acredito que não me deparava com uma personagem tão completa e tão bem caracterizada há muito tempo.

Ao contrário do que sucede em muitos outros livros, não tive qualquer dificuldade em decorar os nomes de toda a gente, o que só prova o quanto embrenhada na leitura estava. Gostei dos vários “twists” ao longo da evolução do livro, se bem que uma dos maiores eu já o tinha descoberto muito, muito antes (umas 150/200 páginas antes).

Os meus parabéns a autora que conseguiu deixar com as emoções à flor da pele, tanto pelo sorriso mais que o rosto com que me deixou em certas passagens, como o suster da respiração nas partes menos agradáveis, ou até pelo sorriso desdenhoso que me colocou nos lábios muitas vezes.

Por isso apenas vos digo, se o têm em casa a apanhar pó leiam-no. Se não o têm, de que é que estão à espera!? Vão já compra-lo.

 

Quotes:

 

“We believe in ordinary acts of bravery, in the courage that drives one person to stand up for another.”


“Peter would probably throw a party if I stopped breathing.'
'Well,' he says, 'I would only go if there was cake.”

 

 

Desejos de Grandes Leituras

Maggie Mae Black

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:40


E-mail de Contacto

maggiemaeblack@sapo.pt

Bookmark To Blog

Mais sobre mim

foto do autor



Regioes

Último Livro Lido

Photobucket

O que estou a ler

Photobucket


2013 Reading Challenge

2013 Reading Challenge
Maggie Mae has read 0 books toward her goal of 100 books.
hide